quinta-feira, 7 de julho de 2016

Nos teus olhos mergulhei O teu amor encontrei. Anos a sua procura meu amor e hoje pude te observar como se fosse a primeira vez..aquela vez que nos conhecemos longe de tudo e todos ! E te olhando profundamente penso nos nossos beijos ..aqueles que me deste na nossa primeira vez , sinto eles  de amor e paixão a todo instante. Observaste a diferença a simples essência desse amor?! Algo tao singelo e puro , É o que eu sinto meu amor Aproveite deste licor misturado com amor que lhe ofereço, pois ainda esta fresco 


Estava seguindo meu caminho Sonhando com algo que me fizesse melhor mas nao tinha certeza se conseguiria sem voçe. Tentei a cada instante encontrar o teu singelo olhar em flores margarida. Andei pelas ruas e vales e tinha duvidas se estava realmente no caminho certo. Te desejei a todo instante. Lutei, lutei constantemente contra tudo e todos uma luta contra a minha alma. Te quis somente pra mim. Porem vi que estava sendo muito dificil controlar meus impulsos e pensamentos. Parei e pensei ..conclui que estava fora de mim . Louca?! Poderia eu chegar a esse ponto?! Delirios diários e ilusoes que persistia me consumir. Visoes...que vinham a tona me lembrando o que vivemos a muito tempo e isso me dominava sempre. Nao consegui suportar, nao consegui suportar essa dor que me corruia incessantemente. E por varias vezes a tua imagem se tornava presente nos meus sonhos. Nao sabia o que fazer ou se estava perdida na minha mente. Todo dia pecorria uma rua apertada, aquela que costumavamos andar juntos. Prometemos um ao outro que seriamos apenas um, apenas um corpo e alma. Por que voçe se foi?! Ainda hoje persisto em entender.Nós nos amavamos! E prometi pra mim mesma que enquanto fôlego existisse em mim eu te amaria ! Mas nao pude suportar. E agora estou aqui mergulhada em ilusoes e solidao sendo envolvida por lágrimas, lágrimas de cor escura desejando viver novamente. Se for possivel, eu viverei novamente, pois a carne esta morta! mas o meu espirito persiste em viver . Eu acredito na outra vida .

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

quarta-feira, 28 de outubro de 2015